Seguidores

sábado, 13 de novembro de 2010

MIGUEL DE CASTRO HENRIQUES - O Sopro das Vozes






O SOPRO DAS VOZES

TEXTOS DE ÍNDIOS AMERICANOS


Na passagem de milénio o princípio de interconectividade (no sentido de Italo Calvino) pode-nos ajudar a mudar do cenário pós "Aldeia Global" para um Cosmopolitismo Global, de culturas diferenciadas, mutuamente redescobrindo as suas tradições e em estado de Renascimento: o estado de abertura. Na abertura mútua, interconectiva, entre culturas, a filosofia e a sabedoria do Índio podem-nos enriquecer muito: a sua relação de amor e veneração pela mãe Terra, o código e etiqueta da sua vida de caçador e guerreiro (semelhante ao das vias do guerreiro zen), o seu ecologismo espontâneo, o seu espírito comunitário e colectivo, democrático, tolerante; o respeito pelos mais velhos e a protecção e tempo que confere às crianças, a sua atitude de não competitividade, a importância que dá à dança, podem-nos ensinar a dar novos passos para um outro e novo entendimento das coisas.


=========================



Nesta pequena colectânea de textos índios, que esperamos venha a ser um ponto de partida para que o leitor se sinta motivado a aprofundar o assunto, em primeiro lugar reunimos textos provindos da tradição oral de diversas tribos (como os Pequot, Nez Percé, Algonquinos, Tlingit, Sioux, Hopi e outros) e recolhidos no virar do século passado e no dealbar deste por etnólogos americanos. Trata-se de textos que nos falam da Criação do Mundo. Estamos perante uma linguagem que não é certamente a das ciências exactas, antes a do Mito e das lendas, e como tal nos falam na linguagem da revelação: a simbólica."

Miguel Castro Henriques (excerto do prefácio)






1 comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...