Seguidores

terça-feira, 3 de janeiro de 2023

Leituras 2022

 

Aqui fica o balanço dos livros que li no passado ano de 2022, nada mais nada menos que 33 os livros num total de 11.932 páginas.

Para vossa apreciação e comentários aqui deixo a lista por ordem cronológica dos livros lidos.


01 - O pintor debaixo do Lava-loiças - Afonso Cruz (172 pag.)

02 - A desumanização - Valter Hugo Mãe (246 pag.)

03 - Último olhar - Miguel Sousa Tavares (306 pag.)

04 - O anjo literário - Eduardo Halfon (125 pag.)

05 - Integrado Marginal - Bruno Vieira Amaral (599 pag.)

06 - O velho que lia romances de amor - Luis Sepúlveda (119 pag.)

07 - Peter Camenzind - Hermann Hesse (207 pag.)

08 - Siddhartha - Hermann Hesse (153 pag.)

09 - As mais belas histórias - Hermann Hesse (286 pag.)

10 - Ele e o outro - Hermann Hesse (111 pag.)

11 - Narciso e Goldmund - Hermann Hesse (356 pag.)

12 - O lobo das estepes - Hermann Hesse (241 pag.)

13 - O jogo das contas de vidro - Hermann Hesse (543 pag.)

14 - Contos de amor - Hermann Hesse (347 pag.)

15 - O professor de desejo - Philip Roth (301 pag.)

16 - A porta estreita - André Gide (170 Pag.)

17 - Um dia chegarei a Sagres - Nélida Piñon (415 Pag.)

18 - Philip Roth a biografia - Blake Bailey (1109 Pag.)

19 - O papagaio de Flaubert - Julian Barnes (244 Pag.)

20 - As pessoas invisíveis - José Carlos Barros (326 Pag.)

21 - O homem do casaco vermelho - Julian Barnes (311 Pag.)

22 - Cuidado com o cão - Rodrigo Guedes de Carvalho (376 Pag.)

23 - Berta Isla - Javier Marías (496 Pag.)

24 - O Mendigo e outros contos - Fernando Pessoa (143 Pag.)

25 - Aniquilação - Michel Houellebecq (640 Pag.)

26 - O regresso dos Andorinhões - Fernando Aramburu (802 Pag.)

27 - Sinopse de Amor e Guerra - Afonso Cruz (175 Pag.)

28 - Rebeldes - Sándor Márai (239 Pag.)

29 - Pessoa uma biografia - Richard Zenith (1182 Pgg.)

30 - Ter e não ter - Ernest Hemingway (197 Pag.)

31 - Cavalos em fuga - Yukio Mishima (436 Pag.)

32 - Memorial do convento - José Saramago (309 Pag.)

33 - Linha da Frente - Arturo Pérez-Reverte (623 Pag.)


Fotos da Google


13 comentários:

  1. Conheço alguns escritores. Lembro-me de ler o número 8.
    Eu leio por volta de 100 livros por ano. : )) Como oiço muitos no formato áudio, não tenho que parar o que estou a fazer para os ler.

    Vou tomar nota dos que me interessam.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite Francisco e aproveito para lhe desejar um Bom Ano.
    Da mui aguardada lista anual do que leu, li O velho que lia romances de amor, de Luis Sepúlveda e o Papagaio de Flaubert de Julian Barnes. Lembro que do primeiro gostei bastante e do segundo nem por isso.
    Reparei que leu bastante de Hermann Hess; houve alguma razão especial?
    Gostaria de lhe perguntar se gostou do livro Pessoa uma biografia - Richard Zenith (1182 Pags.), porque estou tentado a adquirir, mas é caro e muito longo e o risco é grande. Sei que é uma obra para se ir lendo aos poucos, tipo livro de mesa de cabeceira.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pessoa uma biografia é um excelente livro e em relação ao Hermann Hesse como gostei do primeiro que li dele tentei ler a obra dele que está traduzida.
      Um abraço.

      Eliminar
  3. Alguns clássicos obrigatórios.
    Um abraço, Feliz Ano Novo

    ResponderEliminar
  4. Congratulations on a fine year of reading. All the very best for 2023 with many good books.

    ResponderEliminar
  5. Que neste novo ano...continuem as boas leituras 👏👏👏

    ResponderEliminar
  6. Life without books would be hardly worth living!

    ResponderEliminar
  7. Que lista mais linda a tua, Francisco! Alguns títulos me chamaram bastante a atenção! E sigo minha vontade de conhecer mais as obras de Afonso Cruz! Que autor incrível!

    Grande Abraço!

    ResponderEliminar
  8. Francisco maravilhosos os livros, magnífica a lista, abraços.

    ResponderEliminar
  9. Uma boa lista.
    Li alguns, mas não em 2022.
    Continuação de boa semana, caro Francisco.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  10. Parabéns pelas leituras.

    A escrita de Michel Houellebecq não me agrada. De Miguel Sousa Tavares li , já nos últimos dias de 2022, "Cebola crua com broa e sal". Adoro Luís Sepúlveda.

    Desejo-lhe para 2023 continuação de boas leituras e tudo de bom, meu amigo,

    Abraço cordial :)

    ResponderEliminar
  11. Ótimo artigo! Conteúdo rico em informações interessantes e úteis. Obrigado por compartilhar.

    é esse site tubemate.com.br

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...